lunes, 14 de junio de 2010

Ñ posso entender....

São Luís A Polícia de Pinheiro, no Maranhão, prendeu um lavrador de 54 anos que mantinha a filha em cárcere privado há 16 anos e tinha com ela sete filhos, com idades de 12 anos a 2 meses.

José Agostinho Bispo Pereira abusava sexualmente da filha desde que ela tinha 12 anos. Sandra Maria Monteiro, hoje com 28 anos, não sabe ler nem escrever e nunca pode sair da ilhota onde vivia com o pai, no Povoado de Experimento, em Pinheiro, a 340 km de São Luís.

Na cidade de Pinheiro, muita gente sabia da história da família de Pereira, mas ninguém queria se intrometer na vida do lavrador, que passou a abusar da filha desde que a mãe dela foi embora de casa.
A polícia passou a investigar o caso e descobriu a história. Nesta terça-feira, uma equipe de investigadores embarcou em três canoas para alcançar a ilhota onde Pereira vivia, que não tem acesso por terra.

A situação das crianças chocou os policiais. Dos sete filhos, seis estavam no local. A última filha-neta, um bebê de 2 meses, foi doada a uma família.

Os seis mantidos na ilhota nunca foram à escola e são proibidos de sair dali pelo pai-avô. Resgatadas, as crianças tiveram de ser encaminhadas a um abrigo, para tomar banho, serem vestidas e alimentadas.

.....................................................................
E conseguem dormir, toda essa gente que sabia e ñ
foi capaz de denunciar????



5 comentarios:

Eliane dijo...

Tambem fiquei abismada com essa historia, mas aida tem muito mais por traz disso que esta acontecendo. não entendo como a familia dele deixou isso nesse ponto.

Pelos caminhos da vida. dijo...

Fiquei chocada com tamanha brutalidade desse pai(monstro né?).

Tem pessoas que não querem nem saber se o vizinho sofre ou não, isso é errado, mas é revoltante uma história dessa.

Estava com saudades de vc amiga.

beijooo.

Alma Mateos Taborda dijo...

Abrumadora historia! No creo que puedan dormir sin pesadillas!! Tremendo! Estoy sensiblemente conmovida. Un abrazo grande.

☼El Rincón del Relax☼ *Beatriz* dijo...

A tener en cuenta..Gracias por compartir!! Recibe un relajante y cálido abrazo de luz para tu ser.

Beatriz

LUCONI dijo...

A algum tempo não vinha aqui, e hoje aqui chegando deparei-me com esta historia tão triste e revoltante, que existem seres humanos que agem como animais, piores que eles, nós sabemos, agora que várias pessoas assistiam as monstruosidades, e nada faziam, nada, é demais, todos deveriam ser presos, isto é ser conivente, eles dormem porque simplesmente não tem consciencia, beijos Luconi